MORRETES: Corrida de Aventura exige resistência e navegação perfeita dos atletas

Por: Valdir Amaral/MTE 10222/PR
29/10/2019

Atletas de várias regiões do Estado disputaram a final do Campeonato Paranaense de Corrida de Aventura no último final de semana, em Morretes. A prova integra a agenda de eventos dos Jogos da Aventura de Natureza, realizados pelo Governo do Paraná, por meio do Instituto Paranaense de Ciência do Esporte (IPCE), com apoio do Sistema Fecomércio e Prefeitura de Morretes. Segundo o professor Ivan Marçal, do IPCE, que coordenou as atividades esportivas em Morretes e Antonina, a prova exigiu muito mais dos atletas do que apenas o desejo de completar a percurso. Segundo o coordenador, foi preciso muita resistência e navegação perfeita para completar a prova e terminar a competição.

Atletas de várias regiões do Estado disputaram a final do Campeonato Paranaense de Corrida de Aventura, em Morretes (Foto: Valdir Amaral/IPCE)

Atletas de várias regiões do Estado disputaram a final do Campeonato Paranaense de Corrida de Aventura, em Morretes (Foto: Valdir Amaral/IPCE)


A corrida de Aventura foi disputada em duas categorias: Aventura e Expedição. Segundo o diretor de provas da Federação de Corrida de Aventura do Paraná (FECAP), Heitor Canalle de Souza, na Expedição os atletas percorreram 100 km e, na Aventura, 50 km. “Os atletas são distribuídos em três modalidades básicas: mountain bike, trekking e canoagem. Para completar a prova eles não podem fazer uso de nenhuma tecnologia digital, usando tão somente mapas como referência cartográfica de navegação. Nada mais”, explica o diretor.

Mountain bike, trekking e canoagem foram os desafios dos atletas em Morretes (Foto: Valdir Amaral/IPCE)

Mountain bike, trekking e canoagem foram os desafios dos atletas em Morretes (Foto: Valdir Amaral/IPCE)


A largada da prova foi às 9 horas de sábado (26), do Largo Doutor José Pereira (Rua das Flores), no Centro de Morretes. Por percorrerem distâncias diferentes, as duas categorias tiveram percursos distintos. A categoria Expedição iniciou a competição nas bikes, depois foi a vez o trekking, com essas duas modalidades se revezando. Depois de passar pelo Parque do Pau Oco, Cachoeira do Salto da Fortuna, Ponte de Ferro do Porto de Cima, Salto dos Macacos e atravessar a cidade de Morretes em caiaques pelo rio Nhundiaquara e passar por trilhas, estradas, morros, os atletas completaram a prova, que teve como ponto de chegada o mesmo local da partida. No total, a prova teve duração de cerca de 20 horas.

Ao todo, prova percorreu 100 km, passando pela área urbana e superando trilhas e desafios na mata (Foto: Valdir Amaral/IPCE)

Ao todo, prova percorreu 100 km, passando pela área urbana e superando trilhas e desafios na mata (Foto: Valdir Amaral/IPCE)


Já a categoria Aventura passou pelo Porto de Cima, Salto dos Macacos, Ponte de Ferro do Porto de Cima e desceram o rio Nhundiaquara até o centro de Morretes, onde também tiveram como ponto de chegada, o mesmo da partida. Nesta categoria, a prova teve duração de cerca de 9 horas.

Prova premiou os campeões, vice e terceiros colocados, nas duas categorias e em todas as classes (Foto: Valdir Amaral/IPCE)

Prova premiou os campeões, vice e terceiros colocados, nas duas categorias e em todas as classes (Foto: Valdir Amaral/IPCE)


GALERIA DOS CAMPEÕES — Na categoria Expedição – classe Quartetos, a equipe campeã foi Chauá. Guartelá ficou em segundo e Kraft em terceiro lugar. Na classe Dupla Mista, o primeiro lugar ficou com Audreynalina. Santa Rita ficou em segundo e Carcará, de Londrina conquistou a terceira colocação. Já na Dupla Masculina, o campeão foram Os Pamonhas.

Atletas tiveram de superar muitos desafios, na bike, no caiaque e à pé (Foto: Luiz Fabiano/FECAP)

Atletas tiveram de superar muitos desafios, na bike, no caiaque e à pé (Foto: Luiz Fabiano/FECAP)


Na categoria Aventura – classe Quartetos, “Os Carcará” foram os campeões. Em segundo lugar ficaram “Os Pamonhas com Cerveja”. O quarteto Chauá Caviuna ficou em terceiro lugar. Na Dupla Masculina, o título de campeão ficou com Ação & Aventura, seguida dos Presepeiros e Ponto Londri. Na Dupla Mista, o campeão foi Gasparoto. Simbioso ficou em segundo lugar e Santa Ritta Box 10 terminou a competição em terceiro.

Atletas tiveram de superar muitos desafios, na bike, no caiaque e à pé (Foto: Luiz Fabiano/FECAP)

Atletas tiveram de superar muitos desafios, na bike, no caiaque e à pé (Foto: Luiz Fabiano/FECAP)


Os Jogos de Aventura e Natureza 2019 são organizados pelo Governo do Paraná e acontecem em cinco etapas, abrangendo 29 modalidades e 26 cidades. A etapa do litoral tem o apoio do Sistema Fecomércio e prefeituras das cidades-sede. Acesse também a fanpage dos jogos, clicando em www.facebook.com/esportepr/.

Prova teve 20 horas de duração, exigindo resistência dos atletas (Foto: Luiz Fabiano/FECAP)

Prova teve 20 horas de duração, exigindo resistência dos atletas (Foto: Luiz Fabiano/FECAP)